blog, Embreagem

Hyundai HB20 com problema na embreagem

Meus pais, que já são idosos, decidiram trocar o velho e bom Renault Sandero 2014 por um carro 0km. Decidiram por um Hyundai HB20 0km comprado em 2019. Ocorre que desde os 7 mil km o carro vem dando problema na embreagem. O carro trepida muito ao sair em primeira marcha. Parece realmente que o carro vai desmontar. Mesmo após levar na revisão dos 10 mil km o problema persiste e tem piorado muito.

Eles alegam que o carro esta normal e a embreagem está boa, porém ao pesquisar na internet me deparei com muitas pessoas com o mesmo problema: HB20 cuja embreagem dura apenas 10 mil km. Uma peça que o normal seria durar no mínimo 70 mil km. Entendo isso como um vício oculto, um problema crônico que a montadora tem que arcar. Eles alegam que a garantia da embreagem é de apenas 3 meses, mas na hora de comprar nenhum vendedor diz isso, falam que são 5 anos de garantia.

Gostaria que eles resolvessem isso, porque meus pais são idosos e precisam do carro diariamente. O carro está financiado e eles pagam com muito sacrifício e não acho justo ter que arcar com uma peça que dura tão pouco por falta de qualidade da montadora. Hoje o carro está com 11 mil km e praticamente não tem força para subir uma rua íngreme. Agradeço desde já essa revista que admiro muito.

Trepidação ao arrancar é problema de embreagem, em 90% dos casos  do disco de embreagem com empeno. Não resulta de desgaste natural nem de mau uso, portanto trata-se de defeito incontestável e por isso a fabricante, por meio da concessionária, é obrigada a honrar a garantia.

A concessionária só pode recusar o atendimento em garantia se, ao desmontar a embreagem, houver sinais de superaquecimento dela, visíveis por marcas azuladas no platô de embreagem e no volante do motor, o que caracteriza mau uso. Só nesse caso a garantia pode ser negada.

Todavia, no seu relato há um fato que me chamou a atenção, o carro não ter força para subir uma rua íngreme. Digo estranho porque não ter força não tem nenhuma relação com embreagem trepidando, são coisas totalmente diferentes.

Você dirigiu o carro, confirma que ao arrancar de parado há uma nítida trepidação? Ou seria uma sensação tipo acelerar e o carro não deslanchar como esperado, escutando-se o motor em rotação mais alta? Nesse caso não há força mesmo, a embreagem está patinando, ou seja, a força do motor não chega ao câmbio.

Para resolver, ou esclarecer, é necessário levar o carro à concessionária e pedir para alguém da área técnica dirigir o carro, você junto, que mesmo no banco da direita você consegue sentir se o carro tem realmente os problemas citados, trepidação ao arrancar ou falta de força, ou ambos.

Desculpe-me por esse “interrogatório”, mas ele é essencial para um diagnóstico, o que eu faria em minutos se dirigisse o carro por 500 metros.

Solução

Supondo que a embreagem tenha realmente problema, o primeiro passo é conversar com o gerente de pós-venda da concessionária. Se não houver solução,  o passo seguinte é falar com a fabricante pelo canal de atendimento ao cliente, o SAC. Em geral, problemas são resolvidos nesse contato. Mas se ainda assim não resolver, será preciso entrar com uma reclamação no Procon. Se nada for resolvido, só lhe resta a justiça comum.